Explicações de Estatística

em Lisboa junto a Picoas

Licenciaturas, mestrados e doutoramentos

 

A Estatística é uma disciplina fundamental.

Mesmo em cursos com pouca matemática é habitual haver uma cadeira de estatística.

Em cursos com mais matemática ou em cadeiras mais avançadas é habitual que as explicações de estatística sirvam para conseguir interpretar os resultados obtidos das análises feitas, o output de programas estatísticos, como o SPSS, R, Stata, XLStat, Statistica e outros.

Por vezes, a estatística é importante para conseguir ler papers científicos e interpretar as conclusões a que se chegou.

As explicações de estatística avançada são uma base importante para outras cadeiras como econometria ou alguns tópicos de investigação operacional.

 

As explicações de estatística são adaptadas a cada aluno de acordo com as suas necessidades.

O trabalho que o aluno faz entre as explicações de estatística influencia o seu grau de compreensão e até mesmo a duração e quantidade de sessões necessárias para alcançar o nível desejado.

Habitualmente é desejável fazer até 5 ou 6 repetições do mesmo tipo de exercício para o dominar.

 

Perfis habituais para explicações de estatística

Alunos com poucas bases de estatística

Em cursos com alunos que fugiram a matemática é normal apanhar no 1º ano alunos com muitas dificuldades. Ou alunos que entraram na faculdade com exames adhoc.

Para lá das explicações de estatística é necessário, por vezes, rever conceitos de soma de fracções, integrais, primitivas e outros conceitos matemáticos, cujo esquecimento provoca dificuldade em avançar na estatística e que habitualmente em sala de aula os professores não têm tempo de rever.

É habitual que alunos que tenham dificuldades com tabuada ou com qualquer cálculo sem usar calculadora tenham que recorrer a explicações de estatística.

Explicações de estatística avançada

Existem faculdades que tendo os conceitos base dominados avançam muito nos programas de estatística abarcando conceitos mais complexos e mais difíceis de dominar.

Existem algumas faculdades que apostam mais na compreensão de todas as deduções matemáticas por trás dos cálculos feitos e outras faculdades que exploram muitas das funcionalidades de programas como o SPSS.

A parte matemática é mais complexa de perceber mas o uso de funcionalidades avançadas do SPSS deixa habitualmente de lado uma explicação detalhada do que está a ser feito.

As explicações de estatística neste caso ajudam a perceber que um modelo de regressão linear que explique só 1% da variância não é significativo.

Nalguns trabalhos que não têm a ver com estatística diretamente tem que consultar artigos densos em termos de análises estatísticas efectuadas. Nalguns casos ajudamos a ler e a interpretar os conceitos estatísticos apresentados nos artigos.

Explicações de estatística para alunos de mestrado e cursos mais matemáticos

Os cursos de psicologia, medicina, epidemiologia e outros apresentam a nível de estudos avançados maiores exigências a nível de conhecimentos estatísticos e da criação de modelos e da sua correcta interpretação.

Os alunos de cursos de matemática, mesmo a nível de licenciatura, abordam já conceitos bastante avançados.

Em cursos de gestão por exemplo é normal terem várias cadeiras de estatística e em análise multivariada além das explicações de estatística aborda-se por vezes conceitos financeiros ou de risco de carteiras de acções.

Na página tratamento estatístico indica-se o que se pode fazer para ver os resultados de inquéritos.

 

Explicações de estatística em doutoramentos

Em doutoramentos é frequente serem administrados questionários que depois têm que ser lançados, analisados e interpretados.

Para lá dos valores alcançados há que interpretar os resultados e escolher as estatísticas mais adequadas ao que se pretende analisar.

Num doutoramento é mais importante ter a formulação inicial de hipóteses feita de acordo com os dados que se obtêm.

Por vezes podemos querer estudar algum aspecto particular mas não termos recolhido dados que nos permitam dar uma resposta sobre essa questão.

E os dados recolhidos por vezes permitem dar resposta a questões que não foram colocadas inicialmente mas que poderão ser relevantes.

Habitualmente quem recorre mais a explicações de estatística são doutorandos que estejam em áreas mais sociais.